Abra o ano com aulas de História atrativas

Saiba como iniciar o ano letivo despertando o interesse dos alunos pela disciplina

Por Priscila Fernandes

Publicado em 10/02/2015

No início de ano letivo surge a dúvida: como podemos nos preparar para as primeiras aulas de História? Visando auxiliar a solução da questão, seguem algumas estratégias de trabalho e aproveite a oportunidade para conhecer a turma e apresentar noções fundamentais para o entendimento desta disciplina.

No primeiro dia, faça uma roda em sala de aula para conversar melhor com os alunos. Pergunte a eles o nome e a idade de cada um, questione-os sobre o que é História, e o que acham do estudo dessa disciplina. Dessa maneira, observe o que pensam e procure desmitificar alguns “pré-conceitos”, como: acreditar que existe apenas uma verdade absoluta, de que a História é linear e progressiva, de que a História é feita somente pelos grandes personagens ou, ainda, de que estudar História é só decorar datas e eventos, a famosa “decoreba”.

Explique aos alunos que a História estuda a relação dos homens entre si e a relação deles com a natureza, em determinado contexto, espaço, período e sociedade. Além disso, a História é feita por todos, inclusive por cada um dos alunos. Lembre também que poderão existir diferentes interpretações sobre o mesmo evento histórico, pois cada historiador ao estudar um fato, desenvolverá metodologias, concepções e ideias próprias.

Na segunda aula, aborde o ofício do historiador, destacando a construção do conhecimento histórico, os conceitos principais e as demais ciências que podem nos auxiliar. Explique, de maneira geral, conceitos importantes, como: fontes históricas, sujeitos históricos e tempo histórico, além das noções de permanências e transformações, semelhanças e diferenças, sequência, simultaneidade e cronologia.

Termine a semana apresentando aos alunos os conteúdos que serão trabalhados durante o ano letivo. Questione-os sobre o que já sabem a respeito dos conteúdos, o que mais os interessa e quais são suas expectativas na disciplina. Isso é importante para verificar o conhecimento prévio dos alunos e estimular a curiosidade sobre os temas a serem trabalhados. Desse modo, é possível que você possa planejar e direcionar melhor a abordagem dos conteúdos.

Durante o ano letivo, incentive a participação da turma nas aulas, valorize o conhecimento e as experiências de cada aluno, levando-os a perceber que são agentes da história. Procure meios de aproximar e problematizar o conteúdo partindo da realidade dos alunos.

Não deixe de trabalhar em sala de aula a análise de diferentes fontes e documentos históricos, recursos e linguagens. Utilize, ainda, estratégias inovadoras aliadas às novas tecnologias, mas lembre-se: uma aula com tecnologias e recursos modernos não pode ser atrativa por si só, pois perderá seu significado se a concepção de História que a permeia for ultrapassada.

Por fim, procure estar em dia com a leitura de livros de ensino de História, artigos em revistas especializadas, além de documentos e diretrizes curriculares. A leitura constante e a participação em congressos científicos e cursos na área também são fundamentais para a sua atualização e aperfeiçoamento. Veja algumas sugestões de leitura e bom trabalho!

 

Para saber mais:

BITTENCOURT, M. C. (Org.). O saber histórico na sala de aula. 10. ed. São Paulo: Contexto, 2005. (Repensando o Ensino), R$ 29,90

KARNAL, Leandro (Org.). História na sala de aula: conceitos, práticas e propostas.4.ed. São Paulo: Contexto, 2005, R$ 37

SILVA, Marcos; FONSECA,Selva Guimarães. Ensinar história no século XXl: em busca do tempo entendido. Campinas, São Paulo: Papirus,2007. (Coleção Magistério: Formação e Trabalho Pedagógico), R$ 39,90

Voltar