Mapa da Culinária no Brasil: a cozinha plural do Sudeste

Moqueca capixaba, pão de queijo e feijoada são apenas alguns dos pratos da rica culinária da Região Sudeste

Por Mie Francine Chiba

Fonte: brasil.gov.br;

Publicado em 23/09/2016

Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Só pelos estados que compõem o Sudeste do Brasil já dá para saber a variedade da culinária dessa região. Segundo o Portal Brasil, até o século XIX, a cozinha do Sudeste era influenciada pelas culturas portuguesa, indígena e africana. A única exceção era a culinária capixaba, que por estar próxima do Nordeste, tem forte presença de peixes e frutos do mar.

É de Vitória, inclusive, que vem um dos pratos mais tradicionais do Estado do Espírito Santo: a moqueca, preparada em panela de barro. A iguaria pode ser provada em um dos muitos restaurantes da comunidade da Ilha de Caieiras, considerada um dos principais pontos turísticos da região.

Também fazem parte da culinária do Sudeste o queijo e o pão de queijo mineiros. O queijo, produzido na Serra da Canastra, é inclusive considerado Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Leia mais sobre isso aqui. Em Minas Gerais, pode ser encontrada ainda a cachaça mais famosa do Brasil, envelhecida em bálsamo: a Anísio Santiago.

E, claro, não poderíamos deixar de falar do sanduíche de mortadela mais famoso do Brasil, servido no Mercado Municipal de São Paulo e generosamente recheado. Lá, os turistas também costumam provar o famoso pastel de bacalhau.

Após a imigração japonesa, libanesa, síria, italiana e espanhola na região, a culinária do sudeste passou ainda a ter a presença de características da cozinha desses povos, sobretudo a italiana.

Conheça alguns dos pratos mais icônicos do Sudeste:

Moqueca capixaba

Prato típico do Espírito Santo feito de peixe cozido com vegetais e frutos do mar. A moqueca está no cardápio de grande parte dos restaurantes locais e pode ser feita com vários tipos de peixes, como dourado, badejo ou cação. Uma das principais características da tradicional moqueca capixaba é o uso da panela de barro, resultado da influência indígena na região.

Feijoada

Um dos pratos mais populares do País, a feijoada consiste em uma mistura de feijão preto cozido com partes menos nobres do porco, como o rabo e a orelha, além de linguiça e carne seca. Uma das versões propagadas sobre a origem do prato é de que este seria uma criação dos escravos, a partir dos ingredientes desprezados pelos senhores. Porém, uma outra corrente acredita que a feijoada teria origem bem mais antiga, na Europa. Leia mais sobre a feijoada aqui.

Pão de Queijo

Um dos símbolos da culinária mineira, o quitute é, apesar do nome “pão”, um tipo de biscoito de polvilho azedo ou doce, acrescido de ingredientes como ovos, sal e, claro, queijo. Os historiadores não sabem precisar a exata origem do pão de queijo, mas muitos acreditam que a receita tenha surgido nas fazendas mineiras pelas mãos das escravas africanas. Leia mais sobre o pão de queijo aqui.

Voltar